Skip navigation

 

 

 

Geraldo Vandré - Terceiro Festival Internacional da Canção

Geraldo Vandré - Terceiro Festival Internacional da Canção

 

 

Durante a ditadura militar, qualquer manifestação ou organização feita para se mostrar contrário ao movimento ditatorial político da época, era censurado.

A música foi uma forma de expressar sentimentos de indignação e repúdio à situação política brasileira. Porém a música em si não bastava. Era necessário escrever e cantar usando metáforas, ironizando e acrescentando palavras sem sentido ou fora do contexto. Crico Buarque, Caetano Velozo, Elis Regina, Geraldo Vandré e muitos outros compositores participaram desse movimento envolvendo a música na época negra do Brasil. Neste cenário a melodias e as letras produzidas no Brasil foram importantíssimas para que o povo se incendiasse e lutasse por um basta na situação.

“Pra não dizer que não falei das flores” foi uma das músicas censuradas na época da ditadura. Geraldo Vandré (ou Geraldo Pedrosa de Araújo Dias), ao exibir o primeiro acorde dessa música no festival, foi vaidado. Posteriormente, aplaudido de pé. A música, com letra inflamada, desafia e chama o povo brasileiro para a luta. A letra de Vandré era redondinha e estavam prontos para serem repetidos nas passeatas, nos bares e encontros populares/estudantis: “Há soldados armados amados ou não/ Quase todos perdidos de armas na mão/ Nos quartéis lhes ensinam/ Uma antiga lição/ De morrer pela pátria/ E viver sem razão/ Vem, vamos embora/ Que esperar não é saber/ Quem sabe faz a hora/ Não espera acontecer”.

            Para saber mais sobre o que aconteceu com Geraldo Vandré depois desse episódio, indico que você, meu caro leitor, dê uma lida no site a seguir é interessante e vale muito a pena….

 http://www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=1721

About these ads

9 Comments

  1. Poxa..
    ditadura militar..
    sabé com um pensamento um tanto egoísta de uma pessoa que não esteve nem perto de sentir o que é censura, posso dizer que houve o lado bom desta.
    Nossa como surgiram canções fantasticas, de melodia e letra tão tocante, tão alma, diferente do superficialismo de hoje. Nossa assim´foi um laboratório e tanto para os musicos citados, que se não existissem teriam de ser invetados. Salve Chico e sua legião!

  2. Concordo com a Alana, quando ela diz que surgiram canções fantásticas neste período.
    “Pra não dizer que não falei das flores”, “Alegria, alegria” e “Cálice” são as músicas que retratam, embora através de metáforas, como realmente era o período de censura no nosso país…

    • Frederico Pereira Martins
    • Posted 19 de junho de 2009 at 10:09 pm
    • Permalink
    • Resposta

    Sem dúvida o período mais criativo na história da música brasileira.
    Transformar o não dito em dito através de metáforas e fazer com que toda uma população entendesse o que haveria de ser dito é algo inspirador, tanto quanto Steve Jobs e a Google.
    Muito boa as músicas deste tempo.

  3. Eu gostaria de saber quais as músicas de protesto do período da ditadura militar no Brasil.

  4. eu nao sabia que estudar sobre a ditadura era tudo tao interessante.as musicas enfin tudo e muito interessante.

  5. achei tudo muito legal pois as musicas eram diferentes do que as de agora e é tudo muito interessante!

  6. achei o maior barato, ficou tudo muito bom, e os comentarios, ficaram show.muito obrigado, respondeu minhas duvidas.As musicas, são muito conhecidas.
    Parabens!!!!!!!!!!!:-)

  7. tudo da epoca da ditadura militar e muito interessante,os festivais que ocorreran.as musicas sao realmente magnificas.

  8. eu achei as coisas daquela época muito interessante as musicas do tempo ditadura militar eram explendidas!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: